Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governo Michel Temer vai decretar uma moratória para impedir a abertura de novos cursos de medicina no país, estabelecendo um prazo de cinco anos.

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, a medida foi confirmada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho.

Segundo ele, o decreto para a adoção da medida já está na mesa do presidente, que deve assinar o decreto até o final deste ano. “Há um clamor dos profissionais de medicina para que se suspenda por um período determinado a abertura de novas faculdades, em nome da preservação da qualidade do ensino”, disse o ministro.

Com informações da Folha de São Paulo