Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A repercussão internacional do escândalo causado pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que ocasionou perdas de bilhões a frigoríficos e ao País, motivou a convocação de uma reunião de emergência para este domingo pelo presidente Michel Temer. O esquema, revelado na sexta-feira desnudou um esquema de corrupção envolvendo frigoríficos e fiscais agropecuários.

Participam das reuniões o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, e representantes de frigoríficos. Temer terá o primeiro encontro às 14 horas apenas com Maggi, no Palácio do Planalto. Em seguida, recebe também Pereira e os representantes dos frigoríficos. O Planalto não informou que representará o setor na reunião.

A preocupação é com o impacto da operação nas exportações de carnes e outros produtos animais. Os técnicos da Agricultura preparam neste sábado uma nota que será enviada a embaixadores de vários países. O texto vai informar sobre a Operação Carne Fraca e esclarecer dúvidas e destacar o empenho do governo brasileiro em esclarecer todos os fatos e tomar providências o mais breve possível.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp