Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Michel Temer cancelou a agenda de reuniões previstas para hoje (28) em Brasília e embarca esta tarde para Alagoas para acompanhar a situação do estado, atingido por fortes chuvas na última semana. Temer deverá sobrevoar as áreas alagadas acompanhado do governador do estado, Renan Filho.

Saiba Mais
Chuvas fortes provocam quatro mortes em Maceió
A previsão é que Temer siga para Pernambuco, onde também há municípios atingidos pelas chuvas.

O presidente deve desembarcar em Alagoas por volta das 16h30 e fará uma reunião com ministros e autoridades locais para decidir quais ações do governo federal poderão ser tomadas para auxiliar os municípios atingidos pelas chuvas. A Defesa Civil Nacional já enviou a Alagoas técnicos para auxiliar o trabalho das autoridades locais.

Em Maceió, capital do estado, quatro pessoas morreram na última semana em razão das chuvas: duas mulheres, um homem e uma criança, vítimas de soterramentos.

Ontem (27), a prefeitura decretou situação de emergência e estado de calamidade pública. O decreto, assinado pelo prefeito Rui Palmeira, já está em vigor.

De acordo com a Defesa Civil, em oito horas, choveram 55,8 milímetros (mm) na capital do estado. Em dias normais do período chuvoso, a média é 12 mm para todo o dia. Em maio, foram registrados 567,6 mm de chuva, 48,5% a mais que os 382,2 mm esperados. Este é o maio mais chuvoso em Maceió desde 2010.