Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Essencial para garantir o abastecimento de água no sertão nordestino, as bombas da terceira estação do Eixo Norte da Integração do Rio São Francisco foram acionadas na manhã desta sexta-feira (3), na cidade de Salgueiro (PE). Enquanto isso o Ceará ainda aguarda a chegada da transposição que agora teve o prazo adiado para o fim do ano.
Diante da conclusão das obras no Eixo Norte ainda neste ano, o empreendimento hídrico vai beneficiar mais de 12 milhões de pessoas que vivem entre Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.
Mudança de vida
Para os nordestinos, as águas do “Velho Chico” são aguardadas diante da tradicional escassez hídrica da região. Para essas pessoas, o empreendimento não só é essencial para a manutenção da vida no sertão, mas também para o desenvolvimento profissional e social de quem mora na região. É o caso de Breno Alexander Pereira Júnior, ajudante geral da obra, que viu no empreendimento sua primeira oportunidade de emprego.
“Foi muito importante [a oportunidade] para o aprendizado. A gente acaba sendo privilegiado, sabendo que futuramente vai ver essa barragem toda cheia, e ver chegando água para o povo”, destaca Júnior.
Já para o Bruno Cravo, que coordena as obras no Eixo Norte desde 2013, a Integração do Rio São Francisco tem um significado especial. “Essa obra é a única desse país dessa envergadura, nessa magnitude, com esse alcance social… Como engenheiro, é gratificante trabalhar numa obra que vai ter impacto muito significativo na vida das pessoas”, afirma. .
Mais avanços
Nesta sexta-feira (3), serão retomadas as obras da segunda etapa do projeto de irrigação Tabuleiros Litorâneos, na Parnaíba (PI), com aporte de R$ 54 milhões do Governo do Brasil.
Com PLANALTO