Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Hospital São José (HSJ), em Fortaleza, da rede estadual de saúde do Ceará e referência no tratamento de doenças infectocontagiosas no Nordeste, deve receber nesta semana as primeiras atuações do ensaio clínico Solidariedade (Solidarity), que visa comprovar a efetividade de métodos de tratamento no combate à nova virose. 

A iniciativa é da Organização Mundial de Saúde (OMS) e, no Brasil, coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com apoio do Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde (Decit/MS). O HSJ afirmou, em nota, que “aceitou prontamente o convite”. Desde o início de abril, a unidade de saúde formou uma equipe e iniciou análise do protocolo estabelecido pela OMS junto ao Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital.

Ao todo, o projeto Solidariedade engloba 18 hospitais de 12 estados. Serão testados, na primeira etapa, os medicamentos cloroquina, remdesivir, a associação lopinavir com ritonavir, e esta última com acréscimo do Interferon Beta 1a. Eles são indicados, por exemplo, para tratar malária, ebola, HIV e esclerose múltipla. Parte dos insumos será destinada pela OMS e o restante, pela Fiocruz. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp