Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A primeira reunião da Rede Estadual de Controle Interno da Gestão Pública será realizada no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), em Fortaleza. Os trabalhos ocorrerão na terça-feira (04), a partir das 14h, com apresentação do Sistema de Auditoria (Sisaud), projeto estratégico do Judiciário estadual concluído em junho deste ano, e realização de debates sobre outros temas.

O Sisaud, previsto em recomendações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), automatiza as atividades de auditoria. A ferramenta eletrônica permite racionalização, padronização e otimização das rotinas, por meio da análise e modelagem de processos.

Para o auditor-chefe do TJCE, Leonel Oliveira, o Sistema gera maior integridade e confiabilidade, melhorando a qualidade do trabalho, a comunicação com o auditado e a rapidez no encaminhamento de documentos. “A solução apresenta também um painel de monitoramento das auditorias realizadas, subsidiando os coordenadores no acompanhamento das atividades de gestão das auditorias de forma mais eficaz e objetivas”.

Também na reunião, haverá análise sobre adesão de novos integrantes, a apresentação do Modelo de Gestão de Riscos da Assembleia Legislativa do Estado e discussão sobre penalização de controladores de municípios por não atuarem de forma preventiva. Outros assuntos estão na pauta.

A Rede teve origem em um protocolo de intenções, firmado durante o XI Encontro Estadual de Controle Interno, realizado em 14 de dezembro de 2017. Fazem parte os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, o Ministério Público, a Defensoria Pública e o Tribunal de Contas do Estado (TCE).

A instalação da Rede ocorreu no dia 11 de junho de 2018, tendo sido eleita a coordenação executiva que foi composta pela auditora interna da Assembleia, Sílvia Helena Correia; pelo secretário-chefe da Controladoria e Ouvidoria-Geral do Estado, José Flávio Barbosa Jucá de Araújo; e pelo controlador do TCE, José Wesmey da Silva.

 

 

 

Com informação do TJCE