Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A adesão ao saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para quem nasceu no mês de abril e deseja receber ainda este ano deve ser feita até esta quinta-feira (30). O trabalhador que opta pela nova modalidade pode retirar uma parte do FGTS uma vez por ano, mas perde o direito de sacar o saldo total da conta se for demitido sem justa causa.

O dinheiro do saque-aniversário para nascidos em março ou abril será liberado a partir de maio (veja o calendário completo mais abaixo). Quem perder o prazo de adesão neste ano pode optar pela nova modalidade a qualquer momento, mas só vai ter direito ao saque-aniversário a partir de 2021.

Para receber ainda em 2020 é necessário optar pelo saque-aniversário até o último dia do mês em que você nasceu (exceto nascidos em novembro e dezembro, que recebem no início de 2021). Quem perder o prazo pode aderir ao saque-aniversário a qualquer momento, mas não vai ter direito a receber o dinheiro em 2020 e entrará no calendário de saques do ano seguinte.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp