Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O amor e o afeto não são limitados pelo distanciamento social imposto pelo enfrentamento à pandemia da Covid-19. Mesmo em quarentena, casais e pessoas solteiras seguem em busca de realizar o sonho de adotar uma criança ou um adolescente.

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), por meio da Coordenação das Varas da Infância e Juventude da Comarca de Fortaleza, promove desde a última sexta-feira, em formato virtual, o Curso Psicossocial e Jurídico para habilitação de pretendentes no Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento.

Participam do curso 41 pessoas, entre casais ou solteiros pretendentes à adoção em 24 processos que tramitam na Capital cearense. Eles foram divididos em quatro turmas, para que o conteúdo seja bem explorado de forma remota. O primeiro módulo, onde são abordados os aspectos jurídico-legais da adoção, começou a ser passado às turmas no dia 17 e segue nos dias 21, 23 e 28 de abril.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp