Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O verão está em seu pico, e quando o assunto são viagens durante esta estação, não há maior estrela do que o Nordeste. Sabendo disso, o Governo Federal, através do Ministério do Turismo, irá investir R$14,3 milhões nas orlas de algumas cidades da região. Este investimento será feito em obras de infraestrutura turística para trazer uma melhor experiência aos visitantes – tanto nacionais quanto internacionais

Para o estado do Ceará, está destinado R$1,8 milhão para a construção da orla da Lagoa do Arão, em Farias de Brito. A cidade, localizada a cerca de 374 km de Fortaleza, tem esse atrativo turístico natural que é considerado um dos seus maiores pontos de lazer – o investimento, por sua vez, será aplicado na construção de uma nova praça, arborização, iluminação, pavimentação, calçadas e muro de contenção aparente. Na Bahia, serão beneficiadas as cidades de Cabaceiras do Paraguaçu e Mucuri que receberão um investimento de, respectivamente, R$2,4 milhões e R$481,8 mil. Na orla do cais do centro de Mucuri, localizada na Costa das Baleias, haverá uma melhoria na chegada e saída de pequenas e médias embarcações, com a adição de rampas, recursos de acessibilidade, e a construção de um píer que aumentará o conforto e segurança dos turistas. Já em Cabaceiras do Paraguaçu será levantada uma ciclovia, que integrará o centro da cidade e a orla fluvial do Rio Paraguaçu. Alagoas receberá a maior parte do montante, um total de R$9,5 milhões, destinada à pavimentação de acessos às praias.

Alagoas receberá a maior parte do montante, um total de R$9,5 milhões, destinada à pavimentação de acessos às praias. Segundo anúncio do MTur, “a orla do Pontal de Coruripe, por exemplo, que atrai turistas em busca das piscinas naturais formadas por corais e arrecifes, vai contar com R$4,7 milhões. A Praia do Patacho, em Porto de Pedras, uma das mais conhecidas do país, receberá R$2,4 milhões para melhorias, como a pavimentação do acesso à praia, bancos em perímetros e ciclovias.” Já o município de Jequiá da Praia receberá R$2,4 milhões para que as obras de pavimentação da orla lagunar tenham continuidade – o que irá solucionar problemas de acesso e tráfego, encorajando o aumento do fluxo de visitantes.

Destinos internacionais

O Nordeste tem sido o destino favorito dos brasileiros ultimamente. Contudo, as fronteiras para o resto do mundo vêm se abrindo aos poucos, e com elas o número de possibilidades de viagem. Apesar disso, as aventuras estão cada vez mais “isoladas”, já que o turista vem preferindo se hospedar em um resort e curtir praias com a família e amigos em vez de se aglomerar em espaços cheios.

Por exemplo, na América do Sul, um destino popular são as propriedades Vik Retreats, do casal de bilionários noruegueses Alex e Carrie Vik, localizadas em uma cidade a 40 km de Punta del Este, no Uruguai.

Até mesmo na própria Punta del Este há uma opção popular, o Enjoy Punta del Este Resort e Casino, que além de experiências gastronômicas e de cuidado corporal, oferece aos seus hóspedes o acesso a um cassino inspirado nos de Las Vegas. Mesmo assim, quem ainda não pode bancar a viagem pode visitar o cassino da Bet365 Brasil e aproveitar a mesma atmosfera – do conforto da própria casa. A casa de jogatina virtual é considerada uma das principais do mundo, oferecendo um extenso catálogo de jogos, como o blackjack, roleta e video poker.

 O Brasil também está entre os cinco maiores mercados da rede Minor Hotels, que opera o resort Naladhu Private Island na Maldivas. A empresa depende do fluxo perene desse público e vem se beneficiando do turismo de luxo. Segundo a Associação Brasileira de Agências de Viagens, as ilhas Maldivas lideram a preferência no turismo de luxo dos brasileiros, ainda oferecendo distância de aglomerações, já que os resorts são capazes de controlar o cenário de pandemia com os protocolos já adotados.

Seguindo a linha de que os brasileiros vêm preferindo praias calmas e paradisíacas às aglomerações e programas sociais, a CNN International lançou uma lista com os destinos que se tornarão tendência em 2022 para viajantes no mundo inteiro – e são exatamente aqueles que conectam os visitantes à natureza. Exemplos são o Parque Nacional de Yellowstone, a África do Sul, a ilha sustentável Palau e a cidade de Ollantaytambo, no Peru.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp