Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou nesta segunda-feira (07), que negocia com o governador de São Paulo, João Dória, e o Instituto Butantan para adquirir a vacina contra a Covid-19 para o Estado.

O plano de vacinação com a CoronaVac nos municípios paulistas começam no dia 25 de janeiro do próximo ano, de acordo com o governo de São Paulo. O primeiro grupo a receber a vacina contra o coronavírus engloba profissionais de saúde, indígenas e quilombolas de todo o estado. A expectativa é que Camilo consiga, o mais rápido possível, trazer as doses da vacina para o solo cearense.

O secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto, mantém contato com outros laboratórios que desenvolvem a vacina, bem como com o Ministério da Saúde.

No Ceará, os trabalhadores da saúde e pessoas com mais de 75 anos serão os primeiros a receber a vacina. Os grupos prioritários serão vacinados em quatro fases e terão 1.794.076 de cearenses. A meta é imunizar pelo menos 95% desse público-alvo.

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta segunda-feira (07), que o governo federal vai oferecer vacina contra a covid-19 para toda a população de forma gratuita e não obrigatória.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp