Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A pesquisa feita pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e divulgado nesta segunda (12) mostra as profissões relacionadas à tecnologia como as mais promissoras, nos próximos cinco anos.

As profissões que têm a tecnologia como principal produto não só aumentaram a abertura de novos postos de trabalho como exigirão a capacitação de 10,5 milhões de trabalhadores da mão de obra em trabalhos industriais.

NOVAS VAGAS
As 5 profissões que mais devem criar vagas:

1. Condutores de processos robotizados (aumento de 22% no nº de vagas)
2. Pesquisadores de engenharia e tecnologia (aumento de 17,9%)
3. Engenheiros de controle e automação, engenheiros mecatrônicos e afins (14,2%)
4. Diretores de serviços de informática (13,8%)
5. Operadores de máquinas de usinagem CNC (13,6%)

QUALIFICAÇÃO
As 7 áreas que mais vão demandar formação profissional:

1. Metalmecânica (1,6 milhão de vagas)
2. Construção (1,3 milhão)
3. Logística e transporte (1,2 milhão)
4. Alimentícia (754 mil)
5. Informática (528 mil)
6. Eletroeletrônica (405 mil)
7. Energia e telecomunicações (359 mil)