Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O comércio brasileiro manteve em agosto o vigor registrado nos três meses anteriores e fechou com alta de 3,4%, segundo informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). De acordo com o jornalista Carlos Alberto Alencar, em sua participação no Jornal Alerta Geral desta sexta-feira (9), após crescimento de 5% em julho, o volume de vendas do varejo atingiu o maior patamar da série histórica da pesquisa.

O indicador, que já havia havia retomado em julho as perdas com a pandemia, vem se recuperando à medida em que são eliminada as restrições à abertura de lojas no país. O auxílio emergencial de R$ 600, que em agosto estava em uma das suas parcelas finais , vem impulsionando as vendas no varejo. Mesmo assim, no acumulado do ano, o setor ainda registra queda de 0,9%. No acumulado dos últimos 12 meses, a alta é de 0,5%.

Confira na íntegra a participação do jornalista Carlos Alberto Alencar: