Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) segue intensificando as fiscalizações nos estabelecimentos, tendo por base os decretos estaduais sobre a Covid-19. A Operação Fim de Ano Seguro busca diminuir o risco de transmissão do vírus, principalmente em locais que permitem aglomeração e principalmente assegurar que as pessoas mais vulneráveis fiquem seguras. Foram fiscalizados 43 estabelecimentos em Fortaleza na última semana, de terça (15) a sábado (19).

No primeiro dia, terça-feira (15), um estabelecimento foi autuado (Fazendinha) e outro, advertido (Feijão Verde), por não cumprirem as normas do decreto (aglomeração no local, uso de máscara e/ou show com dança). Três estabelecimentos não estavam em funcionamento na hora da fiscalização.

Na quarta-feira (16), cinco estabelecimentos foram advertidos e três autuados. Foram advertidos o Skina do Camarão, Boteco Maraponga, Boi Cervejeiro, Beer House e Chico do Caranguejo Conceito. Friends, Costela e Rancho do Poço foram autuados.

Na quinta-feira (17), dos 13 estabelecimentos fiscalizados pela Vigilância Sanitária Estadual, nove foram autuados e advertidos e quatro cumpriam todas as normas dos decretos. Cumpriam as normas o Shopping Iguatemi, o Shopping RioMar, o Coco Bambu (Iguatemi) e o Café Viriato. Foram autuados e advertidos: Engenho do Dedé, PJ Club Hair, Turatti do shopping RioMar, Tasquinha do Tio, Forneria Coreolano, Jerônimo, Chefe Gourmet e o Extra Supermercado, no shopping Iguatemi.

Na sexta-feira (18), o Carneiro do Ordones Original e o Pioneiro foram autuados e advertidos. O Bar do Railson, já reincidente, por aglomeração, com horário de funcionamento além do permitido e com banda de música com mais de três músicas foi autuado, advertido e interditado.

No sábado (19), 14 estabelecimentos foram fiscalizados. Cinco deram bons exemplos e estavam cumprindo os decretos estaduais: Samba do Vila, Assis da Picanha Varjota, Assis da Picanha Alberto Sá, Delícia Cearense e Ponto de Luz. Sete estabelecimentos foram autuados e advertidos por não cumprimento dos decretos: Ponto do Espetto, Mansão Lounge, Boteco do Assis, Mariano da Picanha, Habibs (Barão de Studart), Dá em nada e Café Vida. La Maison não estava aberto. Uma equipe da Vigilância foi verificar uma denúncia. Já o Alaho Hostel recebeu orientações por algumas não conformidades em relação ao cumprimento do decreto.

Na operação iniciada essa semana foram fiscalizados 43 estabelecimentos, destes, 29 sofreram sanções. Os locais interditados ficarão fechados por sete dias. As fiscalizações seguem e tem apoio da Polícia Militar.

(*)com informação da A.I

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp