Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Na manhã desta quarta-feira, 19, foi marcado pela luta dos vigilantes da CSN, no contrato do Castanhão, e do Sindicato dos Vigilantes do Estado do Ceará, que paralisaram as atividades contra os atrasos nos pagamentos.

A paralisação ocorreu em protesto ao salário atrasado, três meses de vale alimentação atrasado e até três férias vencidas.

De acordo com os diretores Robson, de Fortaleza, e Reginilson, de Limoeiro do Norte, que estiveram presentes para dar todo o apoio ao protesto dos trabalhadores, afirmam que é um desrespeito total com o trabalhador. E pede explicação das autoridades de como um trabalhador pode exercer sua função com qualidade sem receber os seus direitos? E quem vai se responsabilizar por tamanho descaso?