Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
“A saída não é ser dependente químico, não é usar drogas”. A mensagem dita pelo pelo presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Zezinho Albuquerque, na manhã desta terça-feira (28), no Plenário 13 de Maio, continua sendo o carro-chefe do projeto idealizado pelo próprio deputado há três anos. A mobilização volta nesta semana em dois municípios cearenses: Sobral e Horizonte. E Zezinho Albuquerque já colhe os frutos dessa iniciativa.
Desde a criação do Ceará Sem Drogas, em 2014, foi criado um fundo um fundo específico para servir de apoio ao trabalho preventivo e de enfrentamento às drogas no Estado. Também houve a permanência da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas, por parte do governador Camilo Santana.
A não extinção do órgão partiu de uma solicitação do próprio deputado Zezinho Albuquerque. Contudo, para o presidente do Poder Legislativo, o surgimento de conselhos municipais para tratar do tema é um dos principais legados do projeto. “O mais importante é a parceira entre Assembleia e prefeituras. São criados conselhos nessas cidades onde nós passamos para acompanhar os dependentes químicos”, afirma.
Serviço:  Ceará Sem Drogas
Quinta-feira (30/03), às 15h30
Escola de Ensino Fundamental e Médio Professor Luís Felipe
Rua Coronel José Silvestre, 760, bairro Junco, em Sobral
Sexta-feira (31/03), às 9h30
Ginásio Poliesportivo Joaquim Domingos Neto
Rua Francisco Eudes Ximenes, 145, bairro Centro, em Horizonte
Com informações Assessoria de imprensa Assembleia Legislativa do Ceará
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp