Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A resolutividade dos inquéritos policiais, que investigam mortes provocadas por crimes violentos no Ceará, foi de apenas 39,7% em 2019, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (7), pela Secretaria de Segurança Pública (SSPDS).

Segundo o órgão, esse número é 12,5 pontos percentuais maior do que o computado ano passado quando foram registrados 27,2%. O Ceará, garante o governo, tem os maiores índices de elucidação de homicídios no Brasil, enquanto a média nacional é de 9%.

Outro número positivo, foi a diminuição dos homicídios. Ano passado, teve redução de 50% dos homicídios dolosos/feminicídios, latrocínios e nas lesões corporais seguidas de morte no Ceará. Em 2018, foram 4.518 casos relacionados aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI).

Com isso, o Ceará alcança o melhor resultado dos últimos 10 anos. Foram 2.261 mortes a menos em um ano. Até então, o melhor balanço havia sido registrado em 2009, quando ocorreram 2.262 CVLIs.

A taxa por 100 mil habitantes também é a menor em dez anos. Assim como no balanço geral de CVLI, o menor índice alcançado até então também foi em 2009, taxa de 26,5. Em 2019, esse número foi de 24,7 por 100 mil habitantes, enquanto em 2018 o resultado foi 49,8 CVLI/100 mil habitantes – o indicador caiu pela metade em um ano.

Fortaleza alcançou o melhor balanço entre as quatro regiões com queda de 55,3% indo de 1.482 crimes para 663. O segundo território com melhor resultado foi Interior Norte, com retração de 53,1%, indo de 902 para 423. Já a Grande Fortaleza, a diminuição foi de 46,6%, indo de 1.315 para 702. Por fim, o Interior Sul registrou 469, em 2019, contra 819, em 2018, correspondendo a 42,7% de queda.

O décimo segundo mês de 2019 registrou uma redução de 37,5%, com 205 casos contra 328 do ano anterior. Interior Norte (-46,7) e Região Metropolitana de Fortaleza (-45,6) foram as regiões com as maiores retrações.

A primeira citada reduziu de 60 crimes para 32. Já a Grande Fortaleza foi de 114 mortes a 62, em 2019. Na capital, a diminuição foi de 42,1%, indo de 95 a 55. No Interior Sul, a queda foi de 5,1% diminuindo de 59 para 56.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp