Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Milhares de cearenses serão beneficiados com uma medida do Governo Estadual que vai distribuir cinco milhões de máscaras de tecido reutilizável para a população. Na última quarta-feira, o Governo lançou um edital de chamamento público para a confecção do material. A iniciativa é feita em parceria com a Secretaria da Saúde (Sesa).

O material deverá ser fabricado em caráter emergencial e tem o objetivo de diminuir o contágio do novo Coronavírus (Covid-19).

Serão beneficiados os moradores das regiões de Baturité, Cariri/Centro Sul, Grande Fortaleza, Litoral Leste/Jaguaribe, Litoral Oeste, Sertão Central, Sertão dos Inhamuns e Sobral/Ibiapina.

A ação é uma parceria entre Sesa, Casa Civil, Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) e Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), e visa distribuir máscaras de proteção pelas oito macrorregiões do Ceará. A divisão será feita proporcionalmente à quantidade de habitantes, conforme dados disponibilizados pelo Censo 2019, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Esse edital, além de garantir a segurança dos cearenses no protocolo de saúde do Coronavírus, também vai incentivar o funcionamento da indústria têxtil e de confecções nesse momento de crise. A ação é importante para a área de saúde, melhorando as garantias de não contaminação, e um reforço muito bom para a economia, destaca o titular da Sedet, Maia Junior.

Para esse formato de parceria, Adece, Sedet e Sesa trabalharam em alinhamento com a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), conforme o presidente da Adece, Eduardo Neves.

A preferência pelas indústrias têxteis e de confecção se deu pela constatação da quantidade de materiais em estoque e sem previsão de uso. Esse mesmo material até então paralisado proporcionará agilidade na fabricação e entrega dessas máscaras. Ganha a população cearense, completa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp