Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Campanha sinal vermelho! Em sua participação no Jornal Alerta Geral desta terça-feira (16), a advogada Ana Zelia Cavalcante deu destaque à uma campanha que diz respeito ao combate da violência doméstica. Segundo acordo firmado no dia 10 de junho entre a Associação dos Magistrados Brasileiros e o CNJ, as mulheres vítimas de agressão poderão denunciar o crime realizando um “X” na mão e apresentando a um balconista de qualquer farmácia.

Ana Zelia detalha que o “X” precisa ser feito na cor vermelha, podendo ser feito com batom, lápis de cor vermelha ou qualquer outro material a disposição na cor em questão para que a denúncia possa ser feita de maneira silenciosa e discreta.

“Ao se deparar com essa situação, o balconista acionará a policia e tomara as medidas cabíveis para ajudar aquela mulher. É muito importante saber dessa campanha e é muito importante orientar a todas as mulheres que tomem ciência dela, a violência domestica se dá de várias formas. Ela pode acontecer da maneira psicológica, moral, financeira, violência física e também violência sexual”, destaca a advogada.

Ela ainda declara que com o isolamento social causado pela pandemia, muitas mulheres estão isoladas com seus agressores e isso fez com que o índice de violência aumentasse. Segundo ela, o índice só não aumentou mais ainda em razão da dificuldade que muitas mulheres tem em denunciar em razão do isolamento causa do pela pandemia. Ana Zelia finaliza sua participação afirmando o quão importante é contribuir para que os casos sejam denunciados:

“Contribua, denuncie. A demora na denúncia de casos de violência doméstica pode levar a tragédias e inclusive a morte de muitas mulheres, toda essa violência pode ser evitada através da conscientização. É nosso papel enquanto cidadãos contribuirmos para fins de que seja denunciada a lamentável violência doméstica”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp