Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os advogados de Eike Batista informaram a autoridades que o empresário irá se entregar nesta segunda-feira, 30, de acordo com fonte próxima às discussões. A promessa teria sido feita por escrito, mas ainda assim há dúvidas se será cumprida.

Eike teve a prisão decretada nesta quinta-feira, 26, na Operação Eficiência, desdobramento da Lava Jato que apura esquema usado pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral Filho (PMDB) e outros investigados para ocultar mais de US$ 100 milhões remetidos ao exterior.

Os advogados de Eike e a Polícia Federal (PF) foram procurados pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, mas não retornaram as ligações da reportagem.

Além da brasileira, o empresário também tem cidadania alemã.

Com informações O Estado de São Paulo