Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma garrafa térmica contaminada por larvas foi usada para oferecer o café da manhã dos agentes penitenciários lotados na Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal (conhecida como Carrapicho), em Caucaia, nesse sádado.

Conforme  o presidente  do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário  do Ceará, Valdemiro Barbosa, a reclamação de falta de higiene da empresa fornecedora da alimentação é recorrente.

Segundo o sindicalista, a situação já havia sido comunicada à empresa contratada pela Secretaria da Justiça e Cidadania, entretanto, conforme os agentes, nada melhorou. “Existem relatos do mesmo problema nas diversas unidades prisionais”, disse Barbosa.

Por meio de nota, a Sejus disse que o fato  foge ao padrão de qualidade da alimentação fornecida diariamente. A Pasta informou que  está apurando, tanto junto à equipe de limpeza da unidade, quanto com o fornecedor da alimentação o motivo da ocorrência.

A Secretaria declarou também que o caso  foi isolado e tomará as devidas providências de apuração e, se for necessário, intensificará os procedimentos de limpeza e qualidade.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp