Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) decidiu suspender todas as cirurgias eletivas nos hospitais da rede estadual após o aumento de casos de síndromes gripais e de Covid-19 no Ceará. A medida já está em vigor e não tem prazo de vigência. Contudo, as cirurgias de emergência e urgência estão mantidas.

Segundo a pasta, a medida está prevista dentro do plano de contingência de enfrentamento à pandemia e ocorre para adequação da rede hospitalar para tratamento desses pacientes.

Esta é a terceira vez que o Estado suspende as cirurgias eletivas devido ao aumento nos casos de infecção pela covid-19. Nas duas primeiras vezes, a decisão precedeu o pico da doença, que culminou na primeira e segunda onda, em 2020 e 2021, respectivamente. De acordo com a pasta, assim que o cenário epidemiológico permitir, as cirurgias eletivas voltarão a ser realizadas na rede estadual.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp