Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Agência Nacional de Saúde Suplementar suspendeu a comercialização de 41 planos de 10 operadoras. Segundo a ANS, a medida foi tomada em função de reclamações relativas à cobertura assistencial, como negativas e demora no atendimento, recebidas no segundo trimestre de 2017. A suspensão começará no dia 8 e faz parte do acompanhamento periódico realizado pela ANS pelo Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento.

Os beneficiários dos planos de saúde que foram suspensos neste ciclo um total de 175.071 estão protegidos com a medida e continuam a ter assistência regular. A diretora de Normas e Habilitação de Produtos da ANS, Karla Coelho disse que a suspensão é uma ação preventiva e perdura até a divulgação do próximo ciclo. Para voltar a comercializar esses planos, as operadoras precisam antes resolver os problemas. Além de terem a comercialização suspensa, as operadoras que negaram indevidamente cobertura aos seus beneficiários estão sujeitas a multas.

Entre as operadoras que tiveram a comercialização de planos suspensa está a Unimed Norte/Nordeste, que possui clientes no Ceará. Segundo a operadora, estão sendo realizados ajustes para melhorar o atendimento e ações para reativar os planos comercializáveis no próximo ciclo. Além disso, a operadora reforçou que o atendimento não foi alterado para os clientes que já possuem os planos suspensos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp