Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou dados sobre apreensão de drogas nas rodovias federais que cruzam o Ceará. Os números impressionam. No primeiro semestre deste ano 2017, o aumento foi de 4.000% em comparação ao mesmo períodos do ano passado.

Foram 4 toneladas e 206 quilos de entorpecentes nos primeiros seis meses do ano, enquanto que em 2016 foram somente 109 quilos apreendidos. O número de traficantes presos também subiu de 4 para 16 neste semestre.

A droga mais encontrada, neste ano, foi a maconha, com mais de 4,2 toneladas apreendidas. A maior apreensão foi no dia 7 de maio, quando a Polícia Rodoviária prendeu um motorista de caminhão transportando quase quatro toneladas da droga na cidade de Jaguaribe.

De acordo com a PRF, o suspeito foi parado durante uma fiscalização de rotina e confessou ter recebido R$ 10 mil para trazer a droga dentro do caminhão. O motorista disse ainda que trazia a droga de Curitiba para Fortaleza. Ele foi levado para a sede da Polícia Federal, onde foi autuado em flagrante.

Outra atuação que tem crescido é a fiscalização de carros de passeio e dentro dos ônibus de viagens. No dia 23 de junho, a PRF apreendeu 90 mil comprimidos de droga sintética na bagagem de um passageiro dentro um ônibus interestadual, no quilômetro 158 da BR 116, no município de Russas. O ônibus vinha do Rio de Janeiro com destino a Fortaleza.

Já no dia 22 de maio, os policiais rodoviários apreenderam cerca de 30 quilos de maconha em um ônibus na rodovia BR-116. Os agentes realizavam uma fiscalização quando abordaram um ônibus que vinha de São Paulo com destino a Fortaleza. Uma jovem de 19 que estava grávida foi presa em flagrante. Ela disse que recebeu R$ 1.500 para realizar o transporte do entorpecente.