Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Camilo Santana (PT) foi reeleito governador do Ceará na noite desse domingo, 7, com 79,96% dos votos válidos (3.457.556 votos), após 100% das urnas terem sido apuradas. A segunda posição ficou com o general Guilherme Theophilo (PSDB), que obteve 11,30% dos votos válidos (488.438 votos).

O governador reeleito do Ceará construiu uma carreira política vinculada à família Gomes, uma das que disputam a hegemonia política do Ceará. Foi secretário nos dois governos de Cid Gomes: primeiro de Desenvolvimento Agrário, depois de Cidades.

Natural da cidade do Crato, na região do Cariri, Santana é servidor de carreira do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Em 2010 foi eleito deputado estadual pelo PT, com a maior votação do Ceará. Mesmo depois de assumir o governo, dirige o próprio carro pelas ruas de Fortaleza e costuma andar pelo meio da população, distribuindo abraços. Santana é casado e tem dois filhos.

No comando de programas de desenvolvimento urbano e habitação do governo de Cid Gomes, Santana começou a construir o caminho para conquistar o Palácio da Abolição. Em 2015 levou para o governo cearense sua marca pessoal, baseada no diálogo com todos os setores da sociedade e da política, na proximidade com a população e na transparência.