Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT), abriu neste sábado (29), às 9h20, com a presença de 24 parlamentares, a sessão extraordinária convocada para leitura da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), apresentada pelo Poder Executivo, que trata da vedação à anistia aos policiais envolvimentos em manifestações grevistas no Ceará. O líder no governo na Assembleia, deputado Júlio César, apresentou requerimento para a PEC ser votada em regime de urgência.

Após a leitura, a mensagem é submetida à apreciação da Comissão de Constituição e Justiça que dará parecer sobre a legalidade da proposta. A PEC foi apresentada para inibir que os policiais militares, que, por lei federal são proibidos de fazer greve, se abstenham de movimentos que provoque a suspensão de serviços na área de segurança pública.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp