Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

No plenário da Assembleia Legislativa está tudo pronto para a retomada das sessões presenciais da Casa. Como anunciado pelo presidente da AL, deputado José Sarto (PDT), a primeira sessão presencial está marcada para esta quinta-feira (23), a partir das 9h, e acontecerá utilizando um modelo híbrido, permitindo a participação tanto presencial como remota dos parlamentares.

Conforme o chefe da Divisão de Expediente Legislativo, Bebeto Portela, será uma sessão ordinária tradicional, no Plenário 13 de Maio, seguindo todos os protocolos regimentais.

“Teremos a parte inicial, com a leitura das atas e do expediente, com as devidas matérias que passarão a tramitar. Na sequência, vamos ter os oradores do primeiro expediente, seguidos da ordem do dia”, relata.

Bebeto Portela adianta que, na ordem do dia, o presidente deverá convocar as comissões técnicas para apreciar algumas matérias que estão em tramitação na Casa. A novidade dessa primeira sessão após a retomada será a possibilidade de participação remota dos parlamentares.

Ele informa que, por meio do sistema do aplicativo Zoom, vai ser permitido que deputados que não se encontram no ambiente físico do plenário façam apartes, participem de debates de matérias ou até se inscrevam como oradores da sessão de forma virtual, aparecendo nos telões do plenário.

“Isso vai permitir que aqueles deputados que estão impedidos de vir possam participar da sessão por meio do aplicativo e se inserir no ambiente do plenário”, aponta o servidor.

Bebeto assinala que esse é o conceito de modelo híbrido de sessão, já apresentado pelo presidente José Sarto.

“O modelo híbrido é a junção do aplicativo Zoom com o ambiente físico do plenário, ou seja, os deputados irão interagir dentro e fora do plenário, com apartes e discussão de matérias, permitindo assim o acesso de todos os parlamentares a um ambiente integrado”, pontua. Haverá ainda uso alternado das duas tribunas.

Ele  assegura ainda que os deputados que ficarão dentro do plenário estão orientados a obedecer ao distanciamento social entre eles, não podendo sentar vizinhos uns aos outros.

“Nas bancadas haverá um distanciamento entre os deputados, e certamente a Mesa Diretora terá reduzida a sua quantidade de assentos”, afirma.

Bebeto Portela ressalta ainda que, neste momento, o acesso ao plenário será bem restrito.

“Todos os profissionais que terão acesso, de setores de comunicação, Departamento Legislativo, Taquigrafia, além de assessores, já foram devidamente testados e estarão credenciados, seguindo todas as precauções para adentrar ao plenário”, destaca.

Além disso, no plenário, será permitido o acesso apenas de um assessor por parlamentar. Somente a imprensa credenciada terá acesso e as entrevistas serão feitas em local reservado. Todos trabalharão de máscara e estarão devidamente distribuídos dentro do espaço do plenário.

(*)com informação da AL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp