Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Banco Central anunciou, nesta quinta-feira (22), que o Pix, novo sistema de pagamento instantâneo, poderá ser usado para o recolhimento de contribuições ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

O acordo firmado entre o Banco Central e a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho tem como objetivo viabilizar o Pix como uma opção para o recolhimento de contribuições a partir do lançamento do FGTS Digital, previsto para janeiro de 2021.

O sistema será uma plataforma que vai centralizar a arrecadação, apuração, lançamento e cobrança. Segundo o Ministério da Economia, a expectativa é que a nova plataforma permita o acompanhamento virtual das contribuições pelas empresas, por meio do sistema digital de informações trabalhistas e previdenciárias em desenvolvimento pelo governo federal.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp