Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Banco do Nordeste impulsionou a economia dos nove estados a Região, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo com o investimento de R$ 13,1 bilhões em microcrédito em 2019, por meio de seus dois programas: o urbano, Crediamigo, e o rural, Agroamigo. O valor é 14% maior do que o registrado no ano anterior.

O jornalista Carlos Alberto Alencar, em seu comentário, nesta terça-feira (28), no Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 26 emissoras + redes sociais), informou que o Crediamigo desembolsou R$ 10,6 bilhões para microempreendedores das cidades da área de atuação do BNB, 18% a mais do que em 2018, com operações cujo ticket médio gira em torno de R$ 2 mil. O Agroamigo aplicou R$ 2,5 bilhões, destinados a produtores beneficiados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O Agroamigo atende clientes com renda bruta familiar anual de até R$ 23 mil. Contudo, o Banco dispõe ainda da linha Agroamigo Mais, voltada para clientes com renda anual de até R$ 360 mil.

Confira na íntegra o comentário do jornalista Carlos Alberto Alencar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp