Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os moradores de localidades rurais ao longo do leito do rio Jaburu, no município de Ubajara, foram surpreendidos por uma orientação de evacuação de suas casas no sábado à noite, por medida de segurança diante de riscos relativos ao açude Granjeiro. Conforme fontes do Governo do Estado, cerca de 15 famílias seriam afetadas.

No entanto, frisando que a situação está tranquila, mas alegando que ainda há riscos, o prefeito de Ubajara, Renê Vasconcelos, reforçou pedido para que os moradores da área do leito do rio Jaburu deixem as suas casas. O trabalho de remoção das famílias começou ainda na noite desse sábado e seguiu durante todo o domingo. Mais de 250 famílias já foram retiradas da área, conforme o Corpo de Bombeiros do Estado.

De acordo com o secretário de ação social do município, Jairo Araújo, as 513 famílias que deveriam ser retiradas de suas casas correspondem a cerca de 3.200 pessoas. Destas, 30% estão se recusando a deixar suas moradias, número que corresponde a aproximadamente 960 moradores. A medida preventiva foi tomada na tentativa de evitar danos maiores caso ocorra algum tipo de rompimento, mesmo que o risco ainda seja mínimo.