Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Destaques do Bate-Papo político

A pedido do Partido Social Liberal (PSL), a presidente da Câmara Municipal de Caucaia, Ana Natércia Campos Oliveira (PMB), foi afastada do cargo por improbidade administrativa e também da função de vereadora por empossar como vereador um suplente sem diploma eleitoral e que teve suas contas desaprovadas. O tema foi destaque no Jornal Alerta Geral desta terça-feira (03).

O parecer favorável ao afastamento de Natércia, que terá duração de 180 dias, foi dado pela promotora Margarida de Carvalho Barbosa, da 2° Promotoria de Justiça da Comarca de Caucaia. Apesar disso, caso ela permaneça exercendo a vereança poderá ocupar em outra oportunidade o cargo de presidente da casa do legislativo municipal.

“Se ele teve contas desaprovadas, se ele não diplomado, juridicamente ele não é vereador, como é que a presidente da Câmara Municipal do porte de Caucaia incorre no erro desse de dar posse duas vezes a uma mesma pessoa sabendo que ele contas desaprovadas? Se ele teve contas desaprovadas”?, questiona o jornalista Beto Almeida dentro do Bate-Papo político.

Senadores cearenses

No cenário nacional, dois senadores do Ceará ganham destaque. O ex-governador do estado e atual senador pelo PSDB Tasso Jereissati é o relator da proposta de reforma da Previdência no Senado, a qual já recebeu mais de 370 emendas. A PEC deve ser votada nesta quarta-feira na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da casa.

Outro cearense que também ganhou notoriedade nas últimas semanas foi o senador Cid Gomes (PDT), que atualmente ocupa a função de relator da PEC onerosa do pré-sal que destina parte dos recursos do leilão do petróleo para estados e municípios, onde somente o Ceará deverá ficar com uma fatia de 1 bilhão e 200 milhões de reais, quantia que deve garantir o pagamento do 13° salário dos servidores cearenses.

Beto Almeida comenta que os projetos são os mais na atualidade: “São dois cearenses que estão em relatoria de projetos importantes no senado, com repercussão em todo o país e naturalmente com reflexo no Ceará. Duas matérias importantes, uma sobre aposentadoria e essa, que é a PEC do pré-sal, que tem um impacto direto sobre as prefeituras do estado.”

Bancos

Seguindo determinação do Banco Central, publicada nesta segunda-feira (03) no Dário Oficial da União, as instituições financeiras não poderão deixar de atender presencialmente os brasileiros.  A resolução agrada os cearenses que não agora possuem respaldo que lhes assegura o direito de serem atendidos presencialmente e não somente por meio de plataformas virtuais.

De acordo com o jornalista Luzenor de Oliveira, a medida chega para evitar que os bancos acelerem o processo de demissão, de fechamento de agências, deixando os clientes a mercê somente do meio digital para realizarem suas transações.

Por outro lado, Beto Almeida afirma que os Bancos visam apenas lucros e se esta resolução for positiva financeiramente eles irão implementá-la custe o que custar:

“Os bancos digitais são uma realidade, infelizmente muitos de nós teremos de nos adaptar, é uma questão de economia, de lucro. Banco não tem amigos, não tem função social, banco visa lucro, a função social do banco é o cifrão da caixa registradora caindo. Se a tecnologia vier para aumentar o lucro e reduzir as agências, isso vai acontecer” 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp