Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os primeiros passos para as eleições de 2020 nos municípios do Ceará já estão sendo realizados. Conforme noticiado aqui pelo portal Ceará Agora, o deputado estadual Nelinho Freitas foi estimulado pelo senador Tasso Jereissati a lançar sua candidatura para ocupar a gestão municipal de Juazeiro do Norte. Diante dessas articulações, políticos envolvidos na atual administração da cidade do Padre Cícero também iniciaram movimentação para barrar os propósitos de Nelinho e do PSDB.

O tema entrou na pauta do Jornal Alerta Geral (Expresso Fm 104.3 + 26 emissoras no interior + Redes Sociais do portal Ceará Agora) desta segunda-feira (26). Dentro do Bate-Papo político, o jornalista Beto Almeida comentou as articulações políticas da região e de que a população reage a isso:

“O PSDB jogou lenha na fogueira ao antecipar esse debate. Esse debate não e ruim. O eleitor só presta atenção nessa sucessão quando chega nos seus dois meses antecedendo a votação, só que as eleições estão resumidas a 45 dias, então ninguém se dá conta de que os bastidores fervilham antes”.

Política em Fortaleza

Entre idas e vindas, o cenário político de Fortaleza vai se desenhando. A capital cearense

“Tem mudança de discurso fortemente em relação ao que pensava o dirigente do PSL, o próprio deputado Heitor freire chegou a se colocar como opção caso o presidente Jair Bolsonaro assim entende, do mesmo modo o deputado estadual André Fernandes. Ou o Heitor dispõe de pesquisas apontando que o PSL não tem nomes a altura pra disputa a prefeitura de fortaleza ou de fato, o presidente Jair Bolsonaro já não vê qualquer empecilho ao apoio do PSL a capitão Wagner.

Reforma da Previdência

Após adiar a entrega do relatório sobre a reforma da Previdência com a justificativa de que precisava ajustar alguns pontos do texto, o senador Tasso Jereissati envia nesta semana, até quarta-feira, seu parecer à Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal.

A necessidade de corrigir alguns do projeto da equipe econômica veio após a série audiências públicas e debates sobre as novas regras da aposentadoria. Feitos os ajustes, o parecer deve ser enviado nesta terça-feira (27), porém sem muitas modificações. Para o jornalista Beto Almeida não deverão haver maiores alterações, pois não é desejo de ninguém que o texto retorne à Câmara Federal, algo que ocorre se o conteúdo nesta casa for alterado pelos senadores.

“A grande expectativa é saber exatamente quais são os pontos, como vai ficar, o que virá do projeto e principalmente se vai prosperar a PEC paralela de inclusão de estados e municípios”

Minha Casa Minha Vida

Na política adotada pelo governo federal de contingenciamento dos recursos, uma área que padece com a necessidade mais dinheiro é o programa Minha Casa Minha Vida. Devido aos atrasos no repasse das verbas muitas obras encontram-se paradas e os cearenses que aguardam sua casa própria precisam “esperar sentados, pois não há prazo estabelecidos. No estado do Ceará, a retenção ameaça a continuidade das obras e coloca em risco o vínculo empregatícios de milhares de cearenses.

O jornalista Beto Almeida destaca que além dos cidadãos que aguardam receber suas casas ou aqueles que precisam quitar suas dívidas com o programa, existem os construtores, isto é, os proprietários que estão conduzindo as obras e precisam dos recursos.

“São os pequenos empreiteiros que precisam do dinheiro para tocar os projetos. Tem construtor que está com a corda no pescoço. Vai ter que enfrentar problemas com a justiça, com a questão trabalhista, é um atraso de vida pra todo mundo”

Confira na íntegra o Bate-Papo político desta segunda-feira (26):

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp