Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente eleito Jair Bolsonaro reconheceu que dificilmente a reforma da Previdência será aprovada neste ano, após conversar nessa segunda-feira (12) com o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes.

Bolsonaro disse aos repórteres no Rio de Janeiro que na terça-feira (13) devem sair mais nomes para o governo e que, por enquanto, nada está definido sobre o comando da Petrobras.

O correspondente do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), Carlos Alberto, tem mais informações sobre o assunto. Confira no player abaixo!

CARLOS-ALBERTO-PREVIDENCIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp