Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ministro da Educação, Victor Godoy, foi efetivado nesta segunda-feira, 18, no cargo. A nomeação, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Godoy estava interinamente no cargo desde a saída do ex-ministro Milton Ribeiro. Antes da exoneração, o novo ministro ocupava a função de secretário-executivo da pasta.

O currículo de Victor Godoy publicado no site do MEC informa que ele é servidor público da carreira de Auditor Federal de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União (CGU), onde trabalhou desde 2004 até ser convidado ao cargo de secretário-executivo do MEC, em julho de 2020.

Na CGU, Godoy atuou como auditor federal de Finanças e Controle, coordenador-geral; e diretor de Auditoria da Área Social e de Acordos de Leniência.

(*) com informações da Agência Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp