Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Dezesseis espingardas, centenas de cartuchos e alguns materiais usados na fabricação de armas e munições foram apreendidos em uma operação realizada pelo Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE). O trabalho foi desenvolvido na região do município de Crateús – Área Integrada de Segurança (AIS 16) do Estado. As ações, que iniciaram neste último fim de semana, prosseguem pelos próximos dias deste mês de julho.

Além de localizar o arsenal,de diversos calibres, os agentes de segurança também apreenderam cerca de 700 cartuchos e ainda resgataram vários animais da fauna silvestre que estavam em cativeiro. A operação tem o objetivo de inibir a prática de crimes ambientais e a posse ou porte irregular de armas de fogo, bem como capturar pessoas envolvidas em tais atos delituosos. Durante os trabalhos, quatro homens foram presos em flagrante por delitos dessa natureza. Um deles foi capturado por fabricação e posse ilegal de arma de fogo, na zona rural de Crateús – onde se deu a maioria das ações. O suspeito, de 48 anos, que exerce a profissão de ferreiro, foi preso em uma oficina e com três espingardas, sendo duas de fabricação artesanal, 15 cartuchos e partes de armas e materiais para recarga de munições e para caça.

No decorrer da operação, 413 recipientes contendo espoletas e pólvora e aproximadamente 260 kg de chumbo foram apreendidos em uma loja do centro comercial de Crateús. No imóvel, os policiais também encontraram 45 maços de cigarros contrabandeados, veneno, fogos de artifício e apitos chamarizes, utilizados na caça. Um homem de 71 anos foi preso em flagrante.

Entre os animais resgatados pelos militares estão pássaros de variadas espécies, um tatu peba e um roedor tipo mocó. Os procedimentos policiais foram realizados na Delegacia Regional da cidade, onde Boletins de Ocorrência (BOs), um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e os flagrantes foram registrados por crimes com base no Estatuto do Desarmamento e na Lei dos Crimes Ambientais.

Denuncie

Caso a população tenha informações sobre ocorrências crimes ambientais ou de qualquer natureza, denúncias podem ser feitas para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), pelo número 190, ou para o Batalhão que fica na cidade de Juazeiro do Norte, pelo número (88) 3102-1126. O sigilo é garantido.

Fonte: SSPDS