Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O poeta e ator cearense, Bráulio Bessa esteve em Fortaleza nos dias 10 e 11 de abril para lançar seu primeiro livro “Poesia com Rapadura”. O livro mostra em versos, prosa e poesia uma mistura de emoção e sentimento, falando de dramas atuais, como a violência e o preconceito.

Natural do município de Alto Santo, região do Baixo Jaguaribe, a 230km de Fortaleza, Bráulio além da humildade tem a simplicidade de um menino do Sertão Nordestino. Ele além de poeta, também é palestrante, declamador e escritor.

Bráulio já rabiscava os primeiros versos na escola com 14 anos de idade. Com a tarefa de consultor de Cultura Nordestina na TV Globo, o cearense ‘adoça’ as manhãs das sextas-feiras com sua poesia sertaneja e universal, e é considerado um dos maiores ativistas da cultura nordestina no mundo.

O livro

A espera pelo Bráulio era tão grande que mais de 30 alunos da Escola de Ensino Fundamental Lenira Jurema Magalhães, no bairro Monte Castelo, aguardaram pacientemente a chegada do autor para uma homenagem emocionante, marcado com lágrimas e muita alegria.

Com nove anos de idade a estudante do terceiro ano do fundamental, Yasmim Menezes Ramos fez questão de recitar o cordel preparado especialmente para a ocasião do encontro com Bráulio “Cordel da Palmadinha”. “Eu gosto muito dele, dos poemas que ele escreve, do jeito como fala…”, disse  emocionada junto com a diretora da escola Kátia Benício e depois recitando o poema.

No dia 18 de maio, a direção da escola já tem programado o Dia D da Leitura e a obra do poeta natural de Alto Santo será apresentada em verso, prosa e cordel e será centro de um debate sobre a importância da leitura. “São cinco turmas e mais de 140 alunos participando dessa atividade, conhecendo a obra do Bráulio e temos um resultado muito bom. Fizemos questão de estar aqui hoje e os alunos conhecerem pessoalmente”, explica Kátia.

Para o autor Bráulio Bessa, esses são os momentos mais importantes durante os encontros com os leitores. “Esse carinho, essa gratidão e reconhecimento vindo principalmente das crianças é meu combustível, o motivo maior de estar aqui, recebendo um por um, olhando nos olhos de cada um”, diz emocionado Bráulio Bessa.