Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) confirmou 24 casos de doença meningocócica (DM), no Ceará este ano, conforme o último boletim datado de 8 de julho deste ano. O número já é superior ao total de registros do ano passado, que alcançou 20 casos. Foram registrados sete óbitos até o momento, total igual ao do ano passado inteiro.

Quanto a todos os tipos da doença, o Estado já registra 185 casos confirmados, o que representa uma incidência de 2,6 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. Destes, 80 casos (43,2%) foram de meningites “não especificada”, 55 (29,7%) do tipo viral e 42 (22,7%) bacteriana. No total, 17 pessoas morreram em 2017, segundo o boletim epidemiológico, registrando uma taxa de letalidade de 9,2%.

Até julho deste ano, 58 municípios tiveram casos de meningites com óbitos em oito deles. Um surto comunitário em Parambu, no sertão dos Inhamuns, acometeu quatro pessoas, matando duas delas. Em 2016, a incidência da doença atingiu 76 localidades, com casos fatais em 23 delas.