Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara retomou a análise da discussão da denúncia contra o presidente da República, Michel Temer, às 15h12 desta quarta-feira.

Até o momento cinco deputados falaram de cada lado, contra e a favor da aceitação da denúncia, e seis líderes usaram a palavra.

Faltam 76 deputados favoráveis e 26 contrários, mas as inscrições continuam abertas, e novos deputados podem se inscrever antes do final dos trabalhos hoje.

A intenção é votar amanhã na comissão, e ouvir hoje todos integrantes da comissão que quiserem falar.

Há pouco, quem falou foi o deputado Evandro Roman (PSD-PR), que é contrário à continuidade da denúncia contra Temer. “Não defendo sua impunidade, no momento oportuno ele vai responder; neste momento, preciso decidir se é oportuno esse processo”, disse.