Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Hoje, 22, às 20h (em Fortaleza), o Ceará volta ao Castelão para confronto decisivo contra o já rebaixado, Paraná. Com o bom resultado e esperando o confronto direto entre Chapecoense e Sport (que jogam às 20h), o Vozão pode abrir uma distância de 5 pontos para o primeiro do Z-4, caso a Chapecoense (18ª) não vença o Vitória e consiga sair da zona.

Após ter conquistado apenas um ponto em 6 disputados nas últimas duas partidas como visitante, essa é a chance de abrir boa distância da zona de rebaixamento, faltando três jogos para o fim do campeonato. Em seu último jogo em casa, o Ceará empatou com o Internacional.

O jogo é válido pela 36ª rodada do Brasileirão e tem expectativa de um bom público. Já foram vendidos antecipadamente 25 mil ingressos vendidos de maneira antecipada. A torcida ainda vai para o duelo animada com os resultados favoráveis ao alvinegro nas partidas de ontem, onde Vitória e América-MG foram derrotados.

Jogo da vida

O técnico Lisca vem apontando a partida contra o Paraná como um jogo chave na briga contra o rebaixamento. Mesmo já rebaixado, para o treinador, o confronto contra o adversário gera preocupação. A tendência é que o time sofra alterações em relação ao jogo passado, contra o Fluminense, na segunda-feira (em que poupou alguns titulares por cansaço).

Richardson está suspenso por terceiro cartão, dando espaço ao volante Edinho. Arthur deve voltar ao time titular no lugar de Ricardo Bueno, com Leandro Carvalho na ponta direita e Calyson jogando pelas laterais. O volante Juninho, nome do jogo contra o Fluminense, deverá ser utilizado novamente, ao lado de Ricardinho na criação e Edinho na retenção do meio campo.

Surpreendendo no final

Já rebaixado, o Paraná vem utilizando jogadores da base nas últimas rodadas e dando trabalho aos adversários. O time já venceu o América-MG, que luta contra o rebaixamento, e conseguiu um empate contra o líder Palmeiras

Possível Escalação:

Ceará: Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Juninho, Edinho e Ricardinho;
Leandro Carvalho, Arthur e Calyson.

Técnico: Lisca

Paraná: Richard; Wesley Dias, Jesiel, René Santos e Igor; Leandro Vilela, Alex Santana e Alesson; Juninho, Andrey e Rafael Grampola.

Técnico: Dado Cavalcanti

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp