Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia, revelam a geração de 5.727 empregos celetistas no Ceará, em julho de 2020.

O dado destaca-se como o maior saldo do Nordeste, para o período, seguido dos estados do Maranhão (4.919) e Pernambuco (4.624). O comportamento foi proveniente da expansão do emprego principalmente nos setores da construção civil (2.642) e indústria (2.103), mas o comércio (871) e a agropecuária (580) também registraram saldos positivos.

O governador Camilo Santana atribuiu o saldo positivo na geração de empregos em julho à retomada das atividades econômicas no Ceará, após o pico da pandemia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp