Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Casos de meningite preocupam os gestores cearenses / Foto: Reprodução

De acordo com dados do Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde do Ceará, ao todo, o estado registrou 54 casos de meningite em 2019. Até o dia 2 de abril, o boletim soma nove casos por doença meningocócica, com quatro óbitos registrados, e 45 ocorrências de outras meningites, apresentando dois óbitos.

Os números apontam apenas os casos confirmados da doença. No ano passado, o Ceará teve 401 casos confirmados, o que apresenta uma taxa de incidência de 4,5 casos por cada grupo de 100 mil habitantes, com 37 mortes registradas.

A meningite é uma inflamação das membranas que recobrem o cérebro e, mesmo quando a doença é diagnosticada precocemente e um tratamento adequado é iniciado, cerca de 5% a 10% dos pacientes não sobrevivem e acabam morrendo, normalmente, 24 ou 48 horas após o surgimento dos primeiros sintomas. Sem tratamento, até 50% dos casos podem resultar em óbito.

Confira todas as informações com o correspondente do Jornal Alerta Geral, Welton Silva:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp