Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Levantamento apresentado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) indica que o número de apreensões de drogas realizadas pela polícia nos sete primeiros meses deste ano já superam o registrado em todo ano de 2016. De janeiro a agosto deste ano foram apreendidas 4,3 toneladas de drogas, contra 2,8 toneladas no ano passado. A maior parte, um total de 4 toneladas foram de maconha. Outros 200 quilos foram de cocaína e 100 quilos de crack. Ai não estão inclusas as drogas sintéticas e outros materiais ilícitos. Nos doze meses do ano passado, foram apreendidas 2,3 toneladas de maconha, 339 quilos de cocaína e 111 quilos de crack.

Segundo o Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do estado, André Costa, o aumento do número de apreensões ocorre, principalmente, ao trabalho da Polícia Civil, através da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas. Ele revela que mais da metade do material foi apreendido durante as operações da especializada no estado.

Nas rodovias do Estado, o número de apreensões de drogas realizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) também aumentou consideravelmente. O crescimento foi de mais de 4.000% no primeiro semestre deste ano, em comparação com igual período do ano passado. Foram 4.246 quilos de entorpecentes nos primeiros seis meses do ano, enquanto que em 2016 foram somente 109 quilos apreendidos. O número de traficantes presos também subiu de 4 para 16 neste semestre.