Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As ações integradas dos 35 Fiscos do País identificaram cerca de 25 mil contribuintes do Simples Nacional com indícios de omissão de receita a partir dos cruzamentos com as bases de dados das administrações tributárias. Segundo a Receita Federal, as divergências apontaram omissões da ordem de R$ 15 bilhões de receita bruta, base de cálculo para apuração dos tributos que compõem o Simples Nacional.

De acordo com a Receita, esta edição do Alerta do Simples Nacional terá como foco os anos-calendário 2014 e 2015 em três linhas de ação, contemplando operações de interesse do Fisco federal, estaduais e municipais: diferença entre os valores de notas fiscais eletrônicas e a receita bruta declarada; divergência entre os valores de notas fiscais de serviço eletrônicas e a receita bruta declarada; diferença entre os valores de cartões de crédito e débito e a receita bruta declarada.

Os contribuintes serão comunicados automaticamente sobre sua situação no momento de acesso ao Portal do Simples Nacional para geração do documento de arrecadação do Simples Nacional, nos meses de julho a setembro. Após esse prazo, os que não se autorregularizarem, serão indicados para abertura de procedimentos fiscais.