Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Controladoria Geral da União (CGU) encontrou sobrepreço de R$ 142 milhões na compra de tratores com recursos da União e recomendou ao Governo Federal a suspensão dos contratos que apresentarem valores acima dos preços de mercado. As compras foram feitas por meio das emendas parlamentares apresentadas pelos deputados federais e senadores ao chamado orçamento secreto.  

Após as primeiras denúncias de irregularidades no programa denominado de ‘tratoraço’, o Ministério do Desenvolvimento Regional negou possível superfaturamento, mas decidiu pedir uma auditoria na CGU. Os tratores foram entregues a dezenas de prefeituras brasileiras, a exemplo do que aconteceu em municípios do Ceará.  

As primeiras reportagens sobre o chamado ‘’tratoraço’ foram feitas pelo Jornal O Estado de São Paulo. De acordo com a reportagem desta terça-feira, o Ministério do Desenvolvimento Regional decidiu suspender ou renegociar contratos que somam R$ 3 bilhões que seriam destinados à compra de máquinas agrícolas. Uma análise da CGU   identificou sobrepreço no valor de R$ 142 milhões.  

Para o Jornalista Beto Almeida, em sua participação, nesta terça-feira (14), no Jornal Alerta Geral, a suspensão da compra dos tratores evitará mais prejuízos aos cofres da União. O Jornal Alerta Geral, que é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza, é transmitido para mais de 20 emissoras de rádio na RMF e Interior do Estado e pelas redes sociais do @cearaagora. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp