Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O líder empresarial Chiquinho Feitosa agradeceu ao senador Tasso Jereissati por tê-lo incentivado a entrar na vida política quando o estimulou, em 1998, a disputar um mandato de deputado federal. Os agradecimentos foram além quando Chiquinho ressaltou, também, a oportunidade que teve de assumir o mandato na condição de primeiro suplente de Tasso no Senado. O assunto ganhou destaque no Bate Papo Político com os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida no Jornal Alerta Geral desta terça-feira (22).

Chiquinho disse que está preparado para cumprir a missão e tocar o legado do PSDB como fez, ao assumir, em novembro do ano passado, o mandato de senador. Ele lembrou, ainda, que, quando trocou o PSDB pelo DEM, o fez com uma missão a partir da articulação com os líderes tucanos.

Ao voltar ao PSDB, Chiquinho prometeu renovação, bons resultados nas eleições à Câmara e à Assembleia Legislativa. ‘’Volto ao meu partido de origem e de coração’’, disse ele, ao ser saudado pelo cantor Waldonys, com a música ‘De volta pro Aconchego’’, popularizada na voz da cantora Elba Ramalho.

Chiquinho não declinou nomes dos futuros militantes que chegarão ao partido para concorrer a mandatos de deputado estadual e deputado federal, mas garantiu esforço e trabalho para fortalecer o PSDB.

+ SAIBA MAIS

Luiz Pontes destaca nova era do PSDB e pede a Chiquinho para arregaçar as mangas e trabalhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp