Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O senador Cid Gomes (CE) acha que o PDT deveria ter uma “dose de boa vontade” para com Tabata Amaral, que votou a favor da reforma da Previdência, contra a orientação do partido. Segundo o irmão de Ciro Gomes, a deputada ainda é nova na política e “sem traquejo”.

Porém, para Cid, Tabata deve ter a humildade de se comprometer a seguir as orientações partidárias daqui para frente. “Se ela tinha posição contrária, há instâncias às quais ela poderia ter recorrido internamente”, diz ele. É um apoio político peso-pesado para a parlamentar.

 

 

 

 

 

 

 

(*)com informação do Jornal Estadão