Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, fez críticas nesta quinta-feira ao aumento de 16,38% concedido pelo presidente Michel Temer, aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O pedetista classificou o reajuste como uma “vergonha”.

“Falta compostura na elite brasileira”, disse o candidato, afirmando que não que o salário seja grande, e defende que os juízes recebam salários decentes, mas na atual conjuntura disse que a medida não deveria ter sido tomada.

Continuou o candidato:  13,7 milhões de brasileiros desempregados, 32 milhões de brasileiros vivendo de bico, na informalidade, correndo da repressão. 60 mil mulheres foram estupradas no Brasil nos últimos 12 meses sem nenhuma punição, o Brasil teve 63.880 homicídios sem nenhuma capacidade de investigação”, comentou, afirmando que diante de toda essa tragédia, esse tipo de notícia é uma bofetada no rosto do povo brasileiro.