Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Não é de hoje que as tecnologias dominam todos os ramos e auxiliam em áreas como a comunicação, segurança e mobilidade. É claro que não podia ser diferente na engenharia. A construção é uma das maiores indústrias do planeta e é responsável pela geração de milhões de empregos. A tecnologia na construção civil vem evoluindo a cada dia e é o diferencial na produtividade e na realização de obras. Isso porque com a tecnologia é possível termos o uso mais racional de tempomaterial e mão de obra, além de agilizar e auxiliar na gestão, tanto nas fases de projeto e orçamento quanto na execução.

As transformações da indústria começaram há um bom tempo e hoje vivemos o que chamamos de “indústria 4.0”. No ramo da construção civil, a versão 4.0 é marcada pela entrada de máquinas inteligentes, de recursos conectados à Internet e, principalmente, por softwares. Tarefas que eram realizadas manualmente passam a ser executadas de forma eficiente e automática, o que impacta nos resultados e diminui os custos. O sonho de toda empresa, não é mesmo? Já imaginou ter agilidade, eficiência e rapidez na palma da mão? A tecnologia chegou para ajudar nisso.

Além disso, na gestão do tempo há uma verdadeira revolução do uso da tecnologia na construção civil. As aplicações de ferramentas que ajudam na gestão de obras permitem ao administrador da obra, engenheiro ou encarregado, um controle minucioso das etapas construtivas e isso reduz o risco de erros e falhas, o que garante a economia de recursos.

Agora vamos pensar na execução das obras. Alguns exemplos da tecnologia na hora de coloca a “mão na massa” é o nivelador a laser, vibrador de concreto microprocessado, guincho computadorizado e com sensores para evitar acidentes, além de equipamentos de segurança modernos, que são confortáveis e seguros.

Depois de ver tudo isso que a tecnologia traz para a engenharia, me fala você: o ramo da construção civil saiu ganhando não é mesmo?

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp