Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Uma equipe do Núcleo de Resgate e Atendimento Pré-Hospitalar (NREPH) do CBMCE está apoiando o treinamento dos recrutas do alistamento militar obrigatório de 2017do Exército Brasileiro em Fortaleza, ministrando a disciplina de Higiene, Profilaxia e Primeiros Socorros (HPPS).

Nessa semana, eles estiveram na Área de Instrução de Penedo, em Maranguape, onde ministraram instruções teóricas e práticas de atendimento pré-hospitalar tático, abordando noções de contenção de hemorragias e aplicação de torniquetes, o reconhecimento de parada cardiorrespiratória e a execução de compressões cardíacas, tratamento de queimaduras, mutilações, eviscerações, engasgo, fraturas, acidentes com animais peçonhentos silvestres e intoxicações.

“Ao longo de todo o treinamento, procuramos enfatizar a necessidade de sempre manter a calma ao agir em socorro de um ferido e de avaliar a segurança do local antes de qualquer ação, para evitar que o socorrista se torne outra vítima, piorando a situação”, explica o 1o tenente Fábio Ximenes Plutarco, um dos bombeiros responsáveis pela instrução. “Essa parceria traz vários benefícios para ambas as Forças, que podem, assim, somar seus esforços e recursos em especialidades que cada uma possui, executando instruções com melhor aproveitamento e rendimento, formando novos soldados mais bem preparados”, completa.

O recrutamento está sendo promovido pela 10ª Região Militar de Fortaleza, sob comandado e supervisão do General de Divisão  Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, e engloba recrutados da própria 10ª Região Militar, do 23º Batalhão de Caçadores (23º BC), do Colégio Militar de Fortaleza (CMF), do Depósito de Suprimento (10º D Sup), da Companhia de Guardas (10ª Cia Gda), do Parque Regional de Manutenção (Pq R Mnt 10) e do Hospital Geral do Exército de Fortaleza (H Ge Fortaleza).

Fonte: SSPDS