Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A cidade do Crato, na Região do Cariri, registrou a maior chuva do Ceará entre a noite de segunda e na manhã esta terça-feira (19), com 120 milímetros. A força da água transbordou o canal do Rio Granjeiro, que corta a cidade, e alagou diversas casas do município. Um homem morreu após tentar atravessar o canal a cavalo e ser arrastado pela correnteza do Rio Batateiras, em outro ponto da cidade do Crato.

A Avenida José Alves de Figueiredo, por onde passa o canal, também ficou toda alagada. Carros que estavam na via foram arrastados e um ônibus ficou preso em um buraco. Devido à enchente, famílias precisaram dormir no meio da rua após terem as casas alagadas.

A Prefeitura do Crato está realizando a limpeza das ruas e analisando a possibilidade de transferir as famílias para outros locais. O prefeito da cidade, Zé Ailton Brasil, afirmou que “está visitando algumas famílias para ver a maneira como a Prefeitura pode ajudar”.

Durante a chuva, diversas casas próximas ao canal foram invadidas pela água, destruindo móveis e objetos dos moradores. Muitas famílias perderam todos os pertences na chuva e não tiveram onde passar a noite. Moradores de outros locais ajudaram as famílias com alimentação e mantimentos.