Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O número de crimes contra turistas no Ceará cresceu nos primeiros sete meses deste ano, incluíndo o período da alta, em julho. Os crimes contra turistas cresceram 12,4% de janeiro a julho; foram 233 ocorrências nesse período de 2016 e 262 neste ano, de acordo com dados oficiais da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Com o aumento dos crimes, a SSPDS afirma que traça um novo plano de prevenção, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza. Houve duas reuniões entre os órgãos neste mês de agosto para elaborar estratégias.

Também havia sido anunciado a transferência da Delegacia de Proteção ao Turista para a Praia de Iracema, um dos locais mais visitados de Fortaleza pela população local e pelos turistas. O Distrito Policial deve receber reforço de novos agentes de segurança. Hoje, a unidade não atende aos fins de semana, período de maior movimentação de visitantes na cidade.

“O turista é normalmente atendido na delegacia do 2º distrito, que é a delegacia mais próxima dessa área turística. E todas as ocorrências envolvendo turistas são repassadas na segunda-feira, no caso no próximo horário de expediente da delegacia especializada, que dará continuidade às investigações no caso de crimes contra turistas”, conta a delegada plantonista Juliana Pinheiro.

Com informações G1 – CE